20°C 32°C
Patos, PB
Publicidade

Germana Wanderley não tem planos de disputar as eleições de 2024 e terá 2026 como seu grande desafio

A informação que recebemos foi que Germana não teria desenvolvido nenhum  projeto político e pessoal pensando em 2024, mas tem intenção de voltar a cena política como candidata a deputado estadual em 2026

20/03/2024 às 21h03
Por: Genival Junior Fonte: Genival Junior
Compartilhe:
Imagem: Acessopolitico.com.br
Imagem: Acessopolitico.com.br

A secretária de cultura da Prefeitura de Patos, Germana Wanderley, não tem planos de disputar o mandato de vereador em 2024. Foi o que apurou o Sertaocritico.com.br, junto a pessoas ligadas a gestora.

A informação que recebemos foi que Germana não teria desenvolvido nenhum  projeto político e pessoal pensando em 2024, mas tem intenção de voltar a cena política como candidata a deputado estadual em 2026, cargo que disputou e perdeu em 2022, quando tentou ocupar a cadeira que estava sendo deixada por Dr. Érico.

A informação sobre a não participação de Germana no pleito de 2024, parece de fato se confirmar, a medida que o tempo passa, sem que ela esboçe nenhum movimento no sentido de anunciar filiação a algum partido político para participar da disputa por vagas na Câmara Municipal de Patos.

Em outro momento nós procuramos a própria Germana para ter algum posicionamento sobre o assunto, e ela apenas desconversou, como quem não queria verbalizar a sua não participação na eleição deste ano.

2026

A volta de Germana na eleição de 2026, será também um projeto desafiador, pois agora, sem a tutela de um deputado, e com pouco espaço na administração municipal, terá que conseguir ampliar os seus 4.020 votos, para tentar sonhar com a cadeira na Assembleia Legislativa.

Os mais otimostas porém, acreditam que por manifestar seu apoio ao projeto político do deputado federal, Hugo Mota, em disputar um mandato de Senador, ou de elevar seu nome como postulante ao Palácio da Redenção, pode representar a conquista de espaços que lhe ajudariam a vencer esse desafio.

A prícípio, porém, ainda é mais fácil imaginar que os desafios são maiores do que os eventuais benefícios futuros, uma vez sem mandato, Dr. Érico inegavelmente hoje é menor do que era, e Gernama enfrentaria mais dificuldades em assegurar o seu espaço e definir o seu tamanho na cena política de 2026.

Como a política é muito dinâmica, não custa esperar um pouco mais.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Lenium - Criar site de notícias